sábado, 27 de junho de 2009

Ensaio sobre a cegueira...remake

Ensaio sobre a cegueira...remake (Maria de Lurdes Rodrigues no papel principal ) - Fantástico!

quinta-feira, 25 de junho de 2009

O ME no seu melhor

O Director da Região Norte exonerou um Director de uma escola de Fafe por este não ter conseguido mobilizar a comunidade escolar para a inauguração de uma Biblioteca.

O autor desta denúncia foi o Presidente da Câmara.

Está na hora de correr com esta cambada.

domingo, 21 de junho de 2009

...mas Pinócrates há só um!

Pinócrates há só um. O nosso e mais nenhum!!!
( o pior é que ninguém quer ficar com ele...).

*Posto isto só tenho uma dúvida: será que o Pinócrates vai alguma vez ficar com o nariz pequeno???***

video

terça-feira, 16 de junho de 2009

Santana Castilho...sempre pertinente!

Santana Castilho, 13-Mar-2009

Nos aniversários dão-se parabéns e prendas. O sujeito fez anos. Anos à frente de um governo que se tem encarniçado a destruir a Escola Pública. Talvez preferisse um fatito Hugo Boss, mas dou-lhe tão-só uma caixinha de recordações, embrulhada em papel negro de desdita.
Recordo-lhe que em 4 anos de actividade produziu diplomas que envergonham aquisições mínimas do nosso sistema de ensino. O estatuto da carreira docente, a avaliação do desempenho dos professores, a gestão das escolas e o estatuto do aluno são apenas as pérolas. Mas a lista é longa.
Recordo-lhe que a coberto de uma rede propagandística que tornaria Goeebels num aprendiz, cortou, vergou, denegriu e fechou como um obcecado pelo extermínio.
Recordo-lhe que desertificou meticulosamente o interior.
Recordo-lhe que congelou salários, burocratizou até ao insuportável e escravizou com trabalho inútil.
Recordo-lhe que manipulou estatísticas, mentiu e abandalhou o ensino, na ânsia de diminuir o insucesso a qualquer preço.
Recordo-lhe que chamou profissional a uma espécie de ensino cuja missão é reter na escola, de qualquer jeito, os jovens que a abandonavam precocemente.
Recordo-lhe que abandonou centenas de alunos com necessidades educativas especiais.
Recordo-lhe que contratou crianças para promover produtos inúteis e aliciou pais com a mistificação da escola atempo inteiro.
Recordo-lhe que foi desumano com professores nas vascas da morte e usou e deitou fora milhares doutros, doentes, depois de garantir que não o faria.
Recordo-lhe que, com o concurso de titulares, promoveu a maior iniquidade de que guardo memória.
Recordo-lhe que enganou miseravelmente os jovens candidatos a professores e humilhou as instituições de ensino superior com a prova de acesso à profissão.
Recordo-lhe que desrespeitou leis fundamentais do país e, com grande despudor político, passou sem mossa por sucessivas condenações em tribunais.
Recordo-lhe que desrespeitou continuadamente a negociação sindical e fez da imposição norma.
Recordo-lhe que reduziu a metade os gastos com a Educação e aumentou para o dobro a distância que nos separava da Europa.
Recordo-lhe que perseguiu, chamou a polícia e incitou e premiou a bufaria.
Recordo-lhe que os professores portugueses não vão esquecer.

OS PROFESSORES PORTUGUESES
NÃO PODEM ESQUECER.

domingo, 14 de junho de 2009

A loja americana que veste Sócrates

José Sócrates é um dos clientes da mais exclusiva (e cara) loja de Beverly Hills onde só entra um cliente de cada vez, com hora marcada e todo o staff de empregados à sua disposição.
Além do primeiro-ministro português, esta loja conta na exclusiva lista de clientes com nomes como Vladimir Putin, Bill Clinton, Steven Spielberg, Larry King, Sir Elton John, Al Pacino ou Robert de Niro.
Talvez isto explique o porquê de José Sócrates ter sido considerado um dos homens mais elegantes do Mundo.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

terça-feira, 9 de junho de 2009

Há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não!

Maio de 2009, dia do patrono da ES/3 Dr. José Macedo Fragateiro. A Ministra da Educação aproveitou a efeméride para ir à escola entregar diplomas e, supostamente, ver a Escola antes das obras que aí vão ser realizadas.
Tudo ocorreu com grande secretismo, mas, no próprio dia, adivinhava-se que a visita ia mesmo acontecer.
Ao final da tarde, no exterior, foram-se juntando professores/as de várias escolas de Ovar, vestidos de luto, que de mãos dadas em silêncio, foram ladeando a porta de entrada da escola, por onde presumivelmente passaria o carro da ministra.
Finalmente chegou, mas “num golpe de rins” o carro guinou para um portão lateral.
Maria de Lurdes Rodrigues teve medo daquele luto e daquele silêncio. A indignação foi tão grande que, espontaneamente, em coro (forte, muito forte) os professores gritaram: “há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não!”. Foi um momento de grande emoção colectiva.
Dentro da escola os professores também vestiam de luto. A ministra entrou, falou, entregou diplomas, mas os professores mantiveram-se obstinadamente juntos e silenciosos.
Depois o “Canto Décimo”, também de luto vestido dedicou o seu canto aos professores portugueses, e à memória de José Fragateiro, evocando a frontalidade democrática que o caracterizava, e que o faria, certamente, estar ao lado dos professores, nestes tempos tão difíceis que estão a passar.
No fim da sessão, um grupo de professores entregou à Ministra um documento de protesto.
A resistência continua! E a Ministra foi-se embora sem visitar a Escola.

domingo, 7 de junho de 2009

SEm mais comentários!

http://www.videos.iol.pt/consola.php?projecto=27&mul_id=13129491&v_sort=&v_order=&tipo_conteudo=1&tipo=2&id_conteudo=&referer=1&query=&pagina

A quantas pequenas e micro-empresas a quem este dinheiro daria um JEITÃO para não irem à falência?!
Muitas... com toda a certeza!
Este vídeo vale mais do que 900 000 palavras. Todos os portugueses deviam ver e ouvir (bem) isto.
Aviso já que a notícia tem a marca "TVI"... pelo que, segundo o Primeiro Ministro, se pode tratar de uma "cabala" e de uma "caça ao homem"!
SEM MAIS COMENTÁRIOS!! e bom proveito.
Abram-se os olhos dos portugueses adormecidos. Eles (todos) andam por aí a chupar-nos até ao tutano.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

...

Clique na imagem para aumentar

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Saibam o que disse Vital Moreira dos PROFESSORES

> E sabem porquê??
Porque a mulher era professora e muito mais inteligente e ponderada do que ele.
Vital Moreira é uma personalidade com um passado e um presente político conhecido de boa parte dos portugueses. O que, talvez, nem todos saibam é que este mestre de Direito nutre um profundo desprezo pela classe docente, só comparável ao da actual Ministra da Educação.

De facto, em 18 de Novembro de 2008, no jornal "Público", Vital Moreira faz um dos ataques mais rasteiros e mais odiosos em todo este processo de luta dos professores contra o actual sistema de avaliação.

Que diz aí Vital Moreira?
Basicamente quatro coisas, a saber:
>> a) Que não existe qualquer razão para que os professores não sejam avaliados para efeitos de progressão na carreira;
>> b) Que os professores não gozam de direito de veto em relação às leis do país, nem podem auto-isentarem-se do seu cumprimento, pelo que não é aceitável qualquer posição que implique resistência à aplicação do actual modelo de avaliação;
>> c) Que o governo não pode ceder às exigências dos professores, devendo antes abrir processos disciplinares a todos aqueles que ponham em causa a concretização da avaliação dos docentes tal como foi congeminada pelo Ministério da Educação;
>> d) Que o governo, na batalha contra os professores, deve esforçar-se por chamar a si a opinião pública, isolando, desta forma, a classe docente.

Este é o pensamento de Vital Moreira, onde a sua veia caceteira surge bem expressa.
Mas, mais do que isso, este texto, publicado no "Público", revela-nos um verdadeiro guia político da acção do Ministério da Educação contra os professores.
Que cada colega não perca a memória e dê a devida resposta a este senhor nas eleições para o Parlamente Europeu, é o mínimo que está ao nosso alcance.